Profetas e Profecias pelo mundo

 Dando uma olhada no site "Grandes Misterios" encontrei uma matéria bastante interessante sobre profecias pelo mundo espero que gostem:

 

 

PROFECIAS CRISTÃS

Sem necessidade de recorrer às profecias pagãs do mundo esotérico, encontramos predições concludentes nos próprios escritos do antigo testamento ( tão dado a profecias e a feitos mágicos ), das quais destacamos a enorme importância que vai ter o milénio que recentemente percorremos.

No livro sagrado cristão faz-se uma grande referência ao nosso tempo, tal como o regresso dos Judeus a Israel profetizado da seguinte maneira: "O segundo advento do Messias à terra terá lugar dentro de uma geração a partir do regresso dos Judeus à sua pátria."

PROFECIAS ÍNDIAS
Mais uma vez é profetizado o nosso fim, desta feita no calendário dos Maias, onde se faz referência directa à história da civilização e no  qual o último dia fixado no seu calendário coincide com o final da humanidade, que terá lugar a 22 de Dezembro de 2012.
Este possível fim é explicado com a seguinte citação: " O final do quinto ciclo, a era do TONATIUH, terminará com grandes cataclismos e terramotos."


PROFECIAS MODERNAS
O norte-americano Edgar Cayce (1877-1945), conhecido como o Profeta Dormente, efectuava as suas profecias durante as suas fases de sono. Cayce, ao longo de 43 anos, efectuou 8000 profecias sob transe de sono.
Destas destacam-se, entre muitas outras, o aparecimento do raio laser; os terramotos; furacões e maremotos que arrasaram a Califórnia, o Japão e as Filipinas em 1926; o terrível crash da bolsa nova-iorquina em 1929, e a descoberta dos manuscritos do mar Morto.
Todas as suas profecias se cumpriram até esta data.
 
 
PROFECIAS ORIENTAIS
As tradições orientalistas, a partir da teologia budista de tradição tibetana, sustenta a seguinte profecia: « O budismo terminará com o destronamento do 13.º Dalai Lama.» Na historia  recente do Tibete apenas um Dalai Lama foi despojado,  foi precisamente o n.º 13 perseguido pelo regime comunista Chinês.



PROFECIAS ISLÂMICAS

As profecias islâmicas são mais exactas que as Cristãs. A teologia muçulmana profetizou o seguinte: « O homem da religião muçulmana permanecerá sobre a Terra apenas algum tempo depois de o homem caminhar sobre a Lua.» Esta é uma predição absolutamente concreta; o homem chegou à Lua em 1969.



MAPAS DO FUTURO

Gordon Michael Scallion diz que a nova costa ocidental dos EUA vai situar-se ao longo dos estados de Nebraska, Wyoming e Colorado.
A América Central será apenas uma linha de ilhas e da Europa pouco restará, apenas as superfícies de algumas cordilheiras montanhosas: do mar do Norte ao mar Negro tudo será água. Na Itália, apenas sobressai da agua o Vaticano. A Rússia encontrar-se-á separada da Europa devido ás enormes massas de agua que penetram no Continente Asiático.
 
O Japão ficará completamente submerso e grande parte da China será inundada. Segundo Scallion, a Atlântida reaparecerá.
Para não perder toda a sua credibilidade, Scallion recorre a um velho truque: quando um cataclismo que previu não se verifica  no momento indicado...muda-lhe a data.


AS TRÊS PROFECIAS DE FÁTIMA

 

A Virgem, numa das suas famosas aparições ocorridas a partir de 13 de Maio de 1917 em Fátima aos pastorinhos Lúcia, Francisco e Jacinta, transmitiu três mensagens apocalípticas sobre o futuro, duas das quais, referentes à 2º Guerra Mundial e à conversão politica da União Soviética, já se cumpriram.
A terceira profecia era um segredo que só o Papa teve conhecimento durante muito tempo A pequena Lúcia, a única sobrevivente do prodígio, pois Jacinta e  Francisco morreram em consequência de uma gripe, guardou silencio absoluto sobre esta previsão durante toda a sua vida.
 
Em 1976, já freira, tendo adoptado o nome de irmã Maria da Dores, revelou o segredo, bem guardado, ao próprio Paulo VI. Ninguém sabia  o que a vidente comunicou ao Papa, mas os presentes ficaram perturbados ao observarem como após a revelação, Paulo VI ficou emocionado e se afastou visivelmente chocado de Lúcia.
 
Era o anuncio de uma Guerra Mundial? Da confirmação do fim da Humanidade? Nos dias de hoje a terceira previsão foi revelada ao Mundo recentemente, a qual se referia a um atentado à vida do Papa João Paulo II, que também já ocorreu. 
 
 
NOSTRADAMUS O PROFETA
 
Um dos mais conhecidos profetas e astrólogo foi Nostradamus, que nasceu com o nome de Michel de Nostradamus na Provença  (França), na tarde do dia 14 de Dezembro de 1503, uma quinta-feira. Aprendeu astrologia e astronomia (que na altura eram apenas uma mesma disciplina) com o avô materno e recebeu treino médico.

Os seus dons da profecia tornaram-se evidentes perto dos trinta anos . Nostradamus desenvolveu-os e começou a registar as suas previsões numa obra em que trabalhou durante quatro anos. Publicados em 1555, as suas profecias atraíram imediatamente as atenções; segundo o seu biógrafo, Chavigny «tornaram-se o assunto de conversa da Europa Ocidental». As previsões são enigmáticas, cheias de trocadilhos e anagramas e não se encontram por ordem cronológica, saltando no tempo e nos assuntos. Mas Nostradamus deu as datas de algumas profecias.

Previu, por exemplo,  a grande praga de Londres (1664-65) como «a grande praga da cidade marítima»;o grande incêndio de Londres (1666); a batalha de Waterloo e o exílio de Napoleão para a ilha de Santa Helena (1815); e a Segunda Guerra Mundial (1939-45).

PROFECIAS NOSTRADAMUS
Nostradamus realmente profetizou guerra no ar e parece ter tido claras visões de combates aéreos, com pilotos em cabinas de certo modo semelhantes a porcos e usando contacto via rádio, tal como podemos ler na quadra 64 do século 1.
 
"Eles acharão que viram o sol durante a noite,
Quando o meio-homem,
meio-porco será visto,
Ocorrerão barulhos, cânticos, batalhas no céu
E ouvir-se à a voz de bestas animalescas."

Futuristas ainda hoje na sua descrição do que pode perfeitamente ser uma série de ataques nucleares, no auge de um novo poder do Anticristo, tal como pode ver-se nos primeiros três versos da quadra 41 do Século 2.
 
"A  grande estrela brilhará durante sete dias,
E uma nuvem fará aparecer dois sóis,
O grande cão uivará durante toda a noite..."


AS CARTAS DO SOLDADO RILL


As profecias do Francês anónimo estão registadas em duas cartas do soldado alemão Andreas Rill para a sua família, datadas dos dias 14 e 30 de Agosto de 1914. As indagações exaustivas realizadas em torno da autenticidade dos documentos dissiparam todas as possíveis duvidas a esse respeito.
No inicio da Primeira Guerra Mundial, a companhia onde servia Andreas deteve na Alsácia um civil Francês que foi interrogado por um tenente na presença de toda a tropa.
O homem desconhecido não respondeu apenas ás perguntas que colocaram, mas também se apresentou como um profeta.
 
Aquilo que disse aos homens da companhia aterrorizou todos os presentes. Outros classificaram as previsões do forasteiro como puros disparates. Ainda que Rill chama-se ao prisioneiro por brincadeira "o Francês profético", escreveu à sua mulher e aos seus filhos na Baviera, com plena consciência do que dizia sobre as coisas que ele contou sobre uma primeira e uma segunda guerras Mundiais, porque «(...)quem sabe se de facto não o viveremos, e não é que devam acreditar nisso, eu apenas escrevo para que saibam o que ele disse já que de certeza que alguma das crianças viverá por inteiro estes anos vindouros».
Nas suas cartas, Rill ergueu um monumento único ao profeta, que também serviu como testemunho, para investigações posteriores.

 
PROFECIAS DO "PROFETA FRANCÊS"
 
Em 1914, ninguém imaginava que a Alemanha pudesse perder a guerra. Poucos acreditavam na possibilidade de a guerra desembocar numa revolução que trouxesse consigo o final do Império Alemão. A inflação, prevista de um modo impressionante não tivera nenhum antecedente histórico.
 
«A guerra estará perdida para a Alemanha quando começar o quinto ano.
Dentro de um ano ( 1916 ), a Itália irá declarar-nos guerra. Haverá então uma revolução, mas não será levada até ao fim. Uns vem e outros vão. E as pessoas enriquecem. Todos se tornam milionários e haverá tanto dinheiro que o atirarão pela janela, sem que ninguém o recolha.»
 
A ditadura desumana que o profeta previu pode ter sido a que começou no dia 30 de Janeiro de 1933 sob a liderança de Adolf Hitler.
 
«Vem um homem de baixo que faz tábua rasa na Alemanha e as pessoas já não podem dizer o que quiserem, e tudo isto com uma acrimónia que nos faz sair a agua por todas as fendas.
Porque esse tira mais ás pessoas do que lhes dá e castiga-as espantosamente, pois a justiça deixa de ser justa e há muitos heróis falsos e vigaristas.
As pessoas estão cada vez mais pobres, mas não notam. Todos os dias há leis novas e muitos vivê-las-ão ou então morrerão. O tempo começa aproximadamente em 1932 e dura nove anos, a ditadura de um homem.»
 
No final da Segunda Guerra Mundial, a cruz gamada deixou de se mostrar em publico. Ainda hoje se especula sobre o paradeiro de Hitler depois da guerra.
 
«O homem e o sinal desaparece e ninguém sabe para onde.»
 
O final da guerra deu-se, efectivamente em 1945. Nos dias 7,8 e 9 de Maio desse ano, a Alemanha assinou a sua capitulação incondicional.
 
«Se no número do ano há um quatro e um cinco, a Alemanha será acossada de todos os lados e o segundo acontecimento mundial terá terminado.»
 
O «francês profético» terá talvez previsto a divisão da Alemanha entre a RFA e a RDA, assim como a entrada em cena do chanceler Konrad Adenauer (1949).
 
«A Alemanha está destroçada e aparece um novo homem que dirige e levanta a nova Alemanha.»
 
Juntamente com muitos prognósticos correctos, o profeta francês também formulou algumas previsões erróneas, como por exemplo estas: «Quando a Suíça se unir à Alemanha» ou «então a Inglaterra será o pais mais pobre da Europa».
 
A estas juntam-se temas proféticos com especulações ocultistas como: «Nessa altura, nascerá o Anticristo no extremo da Rússia, filho de uma Judia, mas não aparecerá até aos anos cinquenta.»

 

PROFETA SÃO MALAQUIAS


São MalaquiasSão Malaquias nasceu em Armagh, Irlanda em 1094, segundo São Bernardo. Foi baptizado como Maelmhaedhoc, e o seu nome "latinizado" é conhecido como Malaquias. Tornou-se sacerdote por Al Morir San Celsus em 1119.
Depois da sua ordenação, continuou os seus estudos de liturgia e teologia em Lismore, San Malchus. Em 1124 foi consagrado bispo de Condor.

Com a morte de San Cellus, São Malaquias foi nomeado Arcebispo de Armagh em 1132, pela sua grande humildade e dedicação.
As intrigas não o permitiram assumir o cargo por dois anos. Em três anos restaurou a disciplina eclesiástica em Armagh. Segundo São Bernardo, São Malaquias tinha um dom para a religião.
Em 1139 viajou para Roma e no caminho visitou São Bernardo em Clairvaux. Lá começou o seu legado com a Irlanda. Ao regressar via Clairvaux, juntou cinco monges para fundar na Irlanda a grande abadia de Mellifont em 1142.

Numa segunda viajem a Roma, São Malaquias chegou doente a Clairvaux e morreu nos braços de São Bernardo a 2 de Novembro.
Muitos milagres foram atribuídos a São Malaquias, mas ele também era conhecido pelo seu dom das visões e de várias profecias.
Foi canonizado pelo papa Clemente III a 6 de Julho de 1199. A sua festa é celebrada a 3 de Novembro.
 
AS PROFECIAS:
 
 
SOBRE A SUA PRÓPRIA MORTE

Segundo São Bernardo, São Malaquias anunciou o dia exacto da sua morte (dois de Novembro) estando com ele na abadia de Clairvaux.
 

SOBRE A IRLANDA

Anunciou que a Irlanda, a sua pátria, será oprimida e perseguida pela Inglaterra, trazendo desgraças por sete séculos, que preservaria a fidelidade a Deus e à sua Igreja. No fim desse período a Irlanda seria libertada e os seus opressores castigados e será instrumento fundamental para trazer a fé de volta a Inglaterra. Esta profecia foi copiada por Dom Mabillon de um antigo manuscrito de Clairvaux e transmitida pelo sucessor de Oliver Plunkett.
 

SOBRE OS PAPAS

A mais famosa das profecias atribuídas a São Malaquias é sobre os Papas. Ela é composta de "lemas" para cada um dos 112 papas, desde o Celestino II, eleito em 1130, até o fim do mundo.

Estes "lemas" descritivos dos papas podem referir-se a um símbolo do seu país de origem, ao nome, ao escudo e armas, ao seu talento ou a qualquer outra coisa referente ao Papa. Por exemplo, o lema do Urbano VIII é "Lilium et Rosa"; A era de Florença, Itália, cujo escudo tem uma flor-de-lis.
Foi muito discutido se São Malaquias é o verdadeiro autor das profecias. Alguns historiadores acreditam que o manuscrito original foi escrito até o século XVI. Se São Malaquias é o autor das profecias, estas ficaram desaparecidas por mais de 400 anos.

No século XVII, o Padre Menestrier, jesuíta, presenciou uma hipótese da profecia ser um
Não existem provas para os acusadores de fraude. Porém, um dos mais respeitados historiadores do século XVI, Onófrio Panvinio, corregedor e revisor da Biblioteca do Vaticano em 1556, parece aceitar completamente a autenticidade da profecia de Malaquias.
 
plágio para influenciar as eleições de Gregório XIV no conclave de 1590. O lema que corresponde a este papa na profecia é "antiquitate urbis", que faz uma alusão à sua cidade natal e sede episcopal, Orvieto (Latim: Urbs vetus)

 

 

PROFECIAS MAIAS

Os maias acreditavam que a nossa Galáxia segue um ciclo imutável, o que pode e deve ser mudado é a consciência da humanidade rumo à evolução. Eles apontam que sua civilização era a quinta iluminada pelo Sol, ou seja, estavam no quinto grande ciclo solar e, por consequência, outras quatro já haviam passado pela Terra e foram destruídas por desastres naturais.
Os maias previram que o Sol mudará a sua polarização em 22 de Dezembro de 2012, após receber um raio sincronizado com origem no centro da Galáxia, um raio que dará origem a explosões solares iniciando a transformação do planeta. Desse modo, uma nova era terá início: o sexto ciclo solar. Os maias relatavam que esse fenómeno acontece a cada 5.125 anos (de acordo com estudiosos e pesquisadores, o início deste ciclo solar se deu no ano 3113 a.C.) e que a Terra será afectada pelo Sol devido a uma mudança no seu eixo de rotação.
As Sete Profecias Maias dizem que a civilização baseada no medo será transformada através das vibrações de harmonia. Mas essa transformação só ocorrerá para quem assim o desejar, será algo pessoal. Os maias não falam em fim do mundo, mas em um processo de transformação em que o espírito ganhará em sua jornada de evolução a esferas mais altas.

As sete profecias

As Sete Profecias Maias, que resumimos abaixo, aparecem para ajudar a humanidade a ter uma atitude de mudança individual, em que todos deverão almejar a compreensão de sua integração com tudo o que existe.
A primeira profecia : É o princípio do tempo não-tempo, que teve início em 1992. Nessa data, o homem começou a fazer mudanças em suas atitudes e consciência, abrindo sua mente a tudo o que existe. Este é um período de 20 anos de duração, no qual a humanidade entra em um período de grande aprendizado e transformação. Após sete anos (a partir de 1999) começa um período de escuridão, em que cada indivíduo se auto-analisará. O homem estará como em um grande salão de espelhos; o materialismo será deixado para trás e inicia-se um processo de libertação do sofrimento.
A segunda profecia : Afirma que a resposta a tudo está dentro de cada indivíduo e que seu comportamento determinará seu futuro. Confirma que, a partir do eclipse solar de 11 de Agosto de 1999, o comportamento da humanidade terá grande transformação. Os maias afirmam que os homens facilmente perderão o controle de suas emoções ou conhecerão sua paz interior. Também indicam que a energia que é recebida do centro da Galáxia causa um aumento na vibração do planeta e das ondas cerebrais, alterando pensamentos, comportamento e sentimentos. Esta profecia sugere dois caminhos: um de compreensão e tolerância e outro de medo e destruição. O caminho a seguir será escolhido por cada um.
A terceira profecia : Aponta uma grande mudança na temperatura, produzindo transformações climáticas, geológicas e sociais em uma magnitude nunca antes vista e em incrível rapidez. Uma delas será decorrente do próprio homem, devido à sua falta de consciência em cuidar e proteger os recursos naturais do planeta, e as outras geradas pelo próprio Sol, o qual intensificará sua actividade pelo aumento das vibrações.
A quarta profecia : Relata que a conduta anti-ecológica do ser humano e o aumento da actividade solar causarão o derretimento dos pólos. A Terra estará apta a se recompor, porém com mudanças na composição física dos continentes. Os maias ainda apontam que, de acordo com seus estudos, a cada 117 giros do planeta Vénus, o Sol sofre novas alterações com grandes explosões e ventos solares, o que coincide com o final deste ciclo.
A quinta profecia : Todos os sistemas que se baseiam no medo sofrerão uma drástica mudança junto com o planeta e o homem passará por uma transformação para dar caminho a uma nova e harmónica realidade. Os sistemas falharão e o homem terá de olhar para si a fim de encontrar uma resposta para reorganizar a sociedade e continuar o caminho à evolução, que o levará a entender a criação.
A sexta profecia : Mostra que nos anos finais aparecerá um cometa cuja trajectória pode pôr em perigo a existência do homem. Essa cultura de considerar o cometa como um agente de mudança vem pôr movimento ao existente equilíbrio, permitindo a evolução da consciência. Para os maias, Deus é a presença da vida, apresenta variadas formas e está em tudo.
A sétima profecia : Esta profecia aponta que, entre os anos 1999 e 2012, uma luz emitida do centro da Galáxia sincronizará todos os seres vivos e permitirá que voluntariamente iniciem uma transformação interna que produzirá novas realidades. Os maias mencionam que cada um terá a oportunidade de mudar e quebrar suas limitações, criando uma nova era, em que a comunicação será pelo pensamento. Os limites desaparecerão, uma nova era de luz e transparência terá início e as mentiras desaparecerão.
Share on Google Plus

About Victor Ramide

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

3 Comentários:

  1. wow, otimo post, vlw por traze-lo ate nos...
    conheci teu blog ha duas semanas, e tenho visitado-o diariamente, ate leio a antigos posts, e devo dizer q é um trabalho otimo mante-lo, continue assim u.u

    ResponderExcluir
  2. Li do começo ao fim.... mto interessante e didatico ... incrivel...e acredito sim... nas profecias...
    Obrigado por postar essa materia,,belo achado

    ResponderExcluir
  3. sim eu acredito, no Bob Esponja.

    ResponderExcluir