Estranha morte de alpinistas

Nove pessoas morreram misteriosamente depois de fugir de sua barraca a noite em temperaturas abaixo de zero, ao acampar em uma montanha em 2 de fevereiro de 1959!

Seis foram encontrados mortos, devido à hipotermia, enquanto um morreu devida a um traumatismo craniano.

Duas outras morreram por fraturas no peito devido a uma força extrema desconhecido!
Uma mulher ainda teve a língua arrancada!

Altas doses
de contaminação radioativa foram encontrados nos corpos, embora a origem permanece desconhecida.

Seus corpos foram encontrados na neve, cercado apenas por suas próprias pegadas, concluiu-se que eles haviam deixado suas tendas, que foi rasgada por dentro, por sua própria vontade.

Encontrei essa matéria em um site em inglês e não tinha muitas referências nem demais detalhes...


Share on Google Plus

About Daniel de Araujo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comentários:

Postar um comentário