'Fim do mundo' em 2012 faz proliferar seitas apocalípticas na França


É gurizada, cada vez mais toma corpo às suposições do fim do mundo em 2012, só que a coisa tá começando a ficar complicada, diferente das antigas previsões, essa esta tomando rumo muito mais forte, onde inclusive filmes estão sendo feitos sobre o assunto. Muito mais sério que o “bug do milênio”, por exemplo, que foi mais alvo de sátiras que real preocupação.

Agora a preocupação é de grandes seitas suicidas que tão dominando o mundo. Pequenas cidadecas estão sendo invadidas por muitas pessoas que tem pudim no lugar de cérebro, que levam a sério tais suposições e se juntam nessas seitas com os mais diversos objetivos de “se purificar antes do juízo final”, ou então “aproveitar extremamente até o fim dos dias”. Enfim, aqui vai na integra a notícia, no site da UOL.


“As profecias sobre o fim do mundo, previsto por gurus apocalípticos para o dia 21 de dezembro de 2012 de acordo com o calendário maia, têm aumentado o surgimento de seitas na França, segundo um relatório oficial apresentado nesta quarta-feira que recomenda maior vigilância sobre elas.

Diante desse fenômeno, os poderes públicos devem "aumentar a vigilância" contra "atos extremos" que podem ser cometidos pelos cidadãos conduzidos por esses discursos milenaristas, adverte o relatório anual da Missão Interministerial de Luta contra as Seitas (Miviludes), entregue nesta quarta-feira ao Governo.


O estudo assinala que a data de 21 de dezembro do ano que vem, quando termina o calendário maia, representa a 183ª já anunciada como dia do fim do mundo desde a queda do Império Romano.


No entanto, a proliferação das novas tecnologias promoveu a profecia de 2012 "uma ressonância amplificada", enquanto a crise econômica mundial e as catástrofes naturais dão aos cidadãos "uma razão extra para crer no fim do mundo".


O relatório aponta que, no ano passado, foram registrados 2,5 milhões de sites referentes ao fim do mundo em dezembro de 2012.


As seitas que se baseiam em previsões apocalípticas são "mais alienantes e mais manipuladoras que as outras" e suas estruturas são "mais histéricas e fanáticas", acrescenta o estudo.


Na França, é muito lembrado o suicídio coletivo de 16 membros da seita da Ordem do Templo Solar na colina de Isère, perto da fronteira franco-suíça, que se atearam fogo em 1995. O relatório também alerta contra os "dramas individuais" de muitas pessoas que decidem "romper com sua vida" para chegar a provocar a própria morte.


A Miviludes mantém atenção especial sobre a localidade de Bugarach, uma pequena comuna do sudeste da França situada junto a um penhasco considerado por diversas profecias que circulam pela internet como o único lugar que se salvará do apocalipse de dezembro de 2012.


O povoado, de menos de 200 habitantes, viveu nos últimos meses uma explosão da demanda imobiliária. Além disso, proliferam os pedidos de reservas de quartos para essa data na localidade, disse em entrevista ao jornal "Le Figaro" o prefeito da comuna, Jean-Pierre Delord.


"Ligam para pedir um quarto e reservas de alimento para dezembro de 2012", afirmou o político. Segundo ele, a localidade tornou-se nos últimos meses um destino de peregrinação para diversos grupos esotéricos.


Bugarach, com altitude aproximada de 1.230 metros, também foi assinalada na internet como uma garagem de ovnis e como a porta para uma civilização desaparecida.”
 
 Mistérios da cidade de Bugarach
 A cidade é cheia dos mistérios, por algumas propriedades místicas, alguns exotéricos a consideram como o “salvo-conduto” do fim do mundo, pois suas propriedades místicas salvariam aqueles que estiverem na pequena vila. Conta-se inclusive que na vila pode se encontrar o Santo Graal, ou o tesouro dos templários, artefatos sagrados entre os esotéricos.

Outro grande mistério é o grande avistamento de óvnis, alguns considerando inclusive que as estranhas formações e cavernas são na verdade garagens de óvnis, e que dentro da montanha funciona uma base secreta.

Não é preciso dizer o quanto esse tipo de publicidade atrapalha a vida da pequena cidadezinha de 200 habitantes. Autoridades e moradores locais já demonstram insatisfações, dizendo que não é difícil ver algum rezando nu na montanha, o prefeito inclusive já disse em chamar o exercito caso o numero de turistas aumente muito na cidade.

Fonte: Uol


Share on Google Plus

About ♣ Rafilsky ♣

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

5 Comentários:

  1. Ok...vamos todos rezar nus na montanha de uma vilazinha (INHA INHA INHA, poha, 200 habitantes?) e entrar em cavernas atrás de bases secretas.

    ResponderExcluir
  2. TA NÉ, quem sabe nu na montanha agente se salve galera, ''simbora'' pras montanhaa, bj pra quem fica ;*

    ResponderExcluir
  3. boa tarde a todos.

    vamos procurar ter bom senso,quantas vezes o mundo vai acabar?? varias vezes... sempre o novo ano anuncia mudanças social, cultural, etc.
    nosso planeta esta sofrendo agressões, e esta reagindo.não adianta procurar outro planeta, tem que cuidar do nosso e ponto.SE estamos sendo visitados por naves ou por qualquer outra coisa, isso significa o tão grande e importante somos.o fim do mundo vai chegar sim, mas não desta maneira que nem sabe como... e só alguns vão sobreviver... muito filme de ficção ( claro que no fundo existe verdades ), mas não ficar querendo se isolar se matar... que falta de fé. Vamos crescer espiritualmente, mentalmente, e ser diretos e respeitar a vida as nossas vidas e seguir em frente conscientes e não indo atras de seitas que só querem lugrar com sua dor, falta de conhecimentos.... bom por enquanto e isso

    abraços

    ResponderExcluir
  4. No tal dia xtarei nú em minha casa comendo, bebendo, vibrando, gargalhando sarcásticame e blasfemando contra as doutrinas dessas seita q buscam fundamentos em livros d poetas do mundo antigo.

    ResponderExcluir
  5. Tem doido pra tudo nesse mundo.
    É cada coisa que se vê por conta desse falso alarde.
    Quando chegarmos em 2013 veremos o que eles vão inventar.

    ResponderExcluir