Estranhas mortes de soldados que caçaram Bin Laden



Um intrigante mistério ronda o destino dos homens envolvidos na caçada ao terrorista mais procurado pelos EUA. Mais de 20 soldados dos SEAL (unidade de operações especiais da Marinha dos EUA) que participaram da missão se suicidaram ou morreram em combate em outras missões no Afeganistão.

As mortes cobrem mais da metade da equipe que, supostamente, encontrou e matou o terrorista saudita em Abbottabad, no Paquistão, em 2 de maio de 2011. Entre os mortos está Job Price (foto), de 42 anos, comandante da missão. Ele teria cometido suicídio em 22 de dezembro de 2012.

Antes disso, em 6 de agosto de 2011, um acidente de helicóptero matou 20 dos soldados participantes da missão. O portal MSNBC trocou o texto da notícia sobre o acidente (clique aqui para ler o texto original), negando que os soldados tenham participado da captura e morte de Bin Laden.

O jornal britânico Guardian e alguns blogs americanos noticiaram as mortes e notaram que elas aconteceram justamente com os soldados da unidade 6 dos SEAL. As Forças Armadas americanas abriram uma investigação para apurar a circunstância das mortes.

Para os teóricos da conspiração, que botam em dúvida a veracidade das declarações do governo americano a respeito de Bin Laden ter sido assassinado, em ação das tropas do país, agora eles terão mais um bom argumento fundamentar suas teses.

E vocês meus caros atormentados, acreditam que o terrorista mais famoso do mundo realmente foi morto?

Fonte: Yahoo.
Share on Google Plus

About Nando Gerhardt

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

3 Comentários:

  1. Que se dane, quem controla tudo é a CIA e o serviço secreto mesmo, eles fazem o que eles quiserem, não faz diferença se Bin Laden morreu ou não, ele não é a verdadeira ameaça.

    ResponderExcluir
  2. Morreu antes dos ataques as torres gemeas, Agente da CIA Tim Osman (Bin laden). Quem planejou os ataques foi Jorge bush, para invadir o iraque e roubar petroleo. Também planejaram o ataque desde muitos anos antes, escolheram a data, o local e etc... Tudo como um ritual para os lideres do mundo.

    ResponderExcluir