Fantasma do Barqueiro



Todos conhecem a música e o jogo chamados : Bom Barqueiro . Mas poucas pessoas conhecem a origem desta brincadeira , que começou com a seguinte lenda :
No século dezessete , em Portugal ,  existia um fazendeiro que possuía dois filhos : Maria e Maneco . A moça ficou responsável pela parte de terra da fazenda e o rapaz , que tinha como passatempo passear de barco , ganhou a tarefa de cuidar do rio da propriedade , pois suas águas davam muitos peixes e dividiam duas vilas importantes .
O problema é que Maneco possuía transtornos neurológicos e por isto era muito nervoso . A partir do momento em que ele aceitou a tarefa de cuidar do rio , as crianças vizinhas ,  que iam brincar nestas águas ,  começaram a desaparecer de repente . Logo surgiu o boato de que este homem virava um monstro com o objetivo de devorar os pequenos . O principal problema é que Maneco passou a cobrar pedágio das famílias que atravessavam o rio .
Um certo dia ,  uma mãe com seus dois filhos pequenos precisavam atravessar o rio de barco , mas não tinham o dinheiro para o pedágio . Então a mulher disse :
- Bom barqueiro , bom barqueiro ...
- Deixe – me passar ,
- Pois tenho filhos pequeninos para criar ...
- Por isto na outra vila preciso entrar !
Assim Maneco disse :
- Como você não tem o dinheiro do pedágio , aceito um dos seus filhos como forma de pagamento .
A moça entregou seu filho mais velho, chamado Pedro ,  para o barqueiro . Porém na volta ela não viu nem sinal da criança , apenas uma mancha de sangue na beira do rio . O pai do menino soube desta estória e acabou matando Maneco a machadadas .
Cem anos se passaram e surgiu a lenda de que naquele rio , o fantasma do barqueiro sempre aparecia nas noites de sexta – feira de Lua Cheia .
Naquele tempo Renato era um garoto  brasileiro que veio visitar seus parentes em Portugal . Então ele se perdeu no meio da mata e entrou dentro deste rio . Quando o menino estava nadando naquelas águas , apareceu o fantasma do barqueiro exclamando :
- Para nadar aqui você precisa pagar pedágio !
- Ou você paga ...
- Ou devoro a sua pessoa inteira !
Naquele instante o espírito de Pedro apareceu para Renato e explicou :
- Cante a seguinte música :
 
- Bom barqueiro , bom barqueiro ...
- Deixe – me passar ,
- Pois tenho filhos pequeninos para criar ...
- Por isto na outra vila preciso entrar !
 
- Pois se você cantarolar esta melodia , o fantasma do barqueiro vai embora .
Seguindo os conselhos daquela alma ,  Renato cantou a música . Assim Maneco comentou :
- Esta música me fez lembrar de um momento apetitoso de minha vida !
- Por isto deixarei você e todas as pessoas que cantarolarem esta melodia , dentro do  meu rio , seguirem em paz !
Desta forma o barqueiro desapareceu na frente de Renato .Porém , dizem que até hoje o seu fantasma assombra o rio .
O mais interessante é que a música desta lenda é muito conhecida . Existe uma brincadeira chamada Bom Barqueiro , que foi inspirada nesta melodia . A brincadeira joga – se assim :
A turma deve fazer uma fila estilo “ trenzinho” , enquanto duas crianças ficam do lado de fora com a tarefa de representar os barqueiros de mãos dadas e levantadas em arco , enquanto todos cantam a música Bom Barqueiro . No meio do movimento do trem , os barqueiros devem prender o amigo escolhido e fazer uma pergunta , se o colega não souber a resposta sai fora do jogo .
Luciana do Rocio Mallon
Share on Google Plus

About Neto Sanches

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comentários:

Postar um comentário