Lendas de Natal da Vó Mirtes




http://3.bp.blogspot.com/_Z6lVvG-OXoI/SjpBshtEu6I/AAAAAAAABu8/CrLjARofGUg/s400/dia+da+vov%C3%B3.jpg


Quando eu era criança minha avó Mirtes costumava contar lendas de Natal para mim .
Sabe aquelas estórias natalinas contadas pelos idosos , que todo o ano um neto pede :
- Vovó , conta aqueles contos de final de ano , só mais uma vez ?!
- Só mais uma “vezinha” ?!
São lendas que toda a vez que os mais velhos contam saem modificadas ,  mas que sempre valem a pena escutar . Por isto resolvi relatar estas estórias abaixo :
 
Os Sapatos Mágicos :
 
Nos anos setenta havia , em Curitiba , uma moça chamada Railde que era gerente de uma loja de calçados . Numa véspera de Natal  , às dezoito e trinta , uma catadora de papel   que levava no seu carrinho mais dois filhos ,  perguntou à Railde :
- Será que a senhora não tem um presente de Natal para as minhas crianças ?
- É que sou muito pobre e não dinheiro comprar regalos aos meus  filhos .
- Já pedi ajuda em mais de trinta lojas , mas ninguém quis colaborar ...
Então  a gerente olhou , fixamente ,  para os pés destas pessoas carentes e falou :
- Espere um minuto , por favor .
Logo a moça chegou com três caixas de sapatos e afirmou :
- Estes são os presentes de vocês !
- Queiram experimenta – los, por favor !
As crianças sorriram , de uma forma  radiante ,  e correram para provar os seus regalos , que couberam em seus pés . Desta maneira ,  senhora carente falou :
- Obrigada !
- Mas não devo experimentar os meus sapatos . Pois pedi presentes somente para os meus filhos .
Porém Railde insistiu :
- Por favor , prove o calçado ...
- È um presente de Natal !
A mulher provou e exclamou :
- Obrigada !
- Hoje a meia – noite você terá uma surpresa !
Após pronunciar estas palavras , a senhora foi embora com seus filhos contentes .
Ao chegar a sua residência , a gerente preparou a ceia pois receberia os seus parentes mais tarde .  As horas passaram , os  convidados chegaram e quando todos aproveitavam a  festa   Railde escutou um barulho estranho , uma mistura de sininhos com trote de animais , vindo do quintal  . Quando a moça chegou até o local , viu os sapatos que ela tinha dado para as pessoas carentes e dentro deles a gerente encontrou moedas de ouro até as canelas destes calçados .
 
O Ladrão Que Virou Papai – Noel :
Há muitos anos atrás numa cidade muito distante , na véspera de Natal , um xerife saiu  com sua família  para buscar a sogra com o objetivo de que ela participasse da ceia de Natal . Naquele instante Mark , um ladrão bêbado e faminto , vendo que as pessoas saíram daquela residência , resolveu penetra – la pela chaminé , mas ficou entalado no local .
Quando o xerife voltou , escutou um barulho que vinha pela tubulação e descobriu que havia um ladrão dentro . O proprietário jogou óleo de cozinha em cima do bandido , que acabou caindo na lareira apagada . Então o policial mostrou sua arma ao marginal e exclamou :
- Como hoje é véspera de Natal eu não vou mata – lo !
- Mas você vestirá uma roupa de Papai - Noel para animar meus filhos e seus amiguinhos !
- Aqui está o saco de presentes e a  roupa de São Nicolau !
-  Vista logo , senão poderá levar chumbo !
O meliante obedeceu ao policial e quando as crianças chegaram , distribuiu presentes a elas e participou de muitas brincadeiras .
No dia seguinte o xerife prendeu o ladrão . Porém ele prometeu que poderia diminuir a pena de Mark , caso ele prestasse serviços voluntários à comunidade . Então o marginal aceitou o acordo e uma das atividades  era vestir – se  de Papai – Noel e animar orfanatos .
 Quando Mark completou a pena foi trabalhar,  honestamente  , como marceneiro e limpador de chaminés . Mas  ele continuou a vestir – se  de São Nicolau para animar crianças carentes . Porém  com uma diferença : o homem passou a distribuir brinquedos de madeira que ele próprio fabricava em sua marcenaria .
Com o tempo seus negócios prosperaram e ele passou a contratar somente funcionários anões . Por causa disto tudo , ele passou a ser chamando naquela  cidade interiorana  de : “ O Verdadeiro Papai – Noel “ .
Quando Mark faleceu  várias pessoas , que passavam em frente ao cemitério em que ele foi enterrado , falaram que viram um senhor vestido de Papai – Noel caminhando pelo campo – santo. O mais interessante foi que no mesmo ano de sua morte , bem na véspera de Natal , fenômenos estranhos passaram a acontecer : brinquedos novos de madeira surgiram , misteriosamente , nos quartos de todas as crianças da pequena  cidade . Reza a lenda que isto acontece até hoje por lá e algumas criaturas afirmaram que viram o fantasma de Mark vestido de Papai – Noel em muitas vésperas de Natais .
Luciana do Rocio Mallon
Share on Google Plus

About Neto Sanches

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

2 Comentários:

  1. se for pra voltar postando vó Mirtes...
    volta com os posts vicerais!
    abraço.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite meu caro, só estou aqui pra avisar que o Bassdownloads está de volta, se puder fazer uma visita, ficarei agradecido. Abraços.

    ResponderExcluir