Algumas historias da Creepypasta

http://i.neoseeker.com/mgv/436139-Triforce%20of%20Wisdom/139/29/creepypasta_display.pngDe uns tempos pra cá vem se popularizando as historias postadas em creppypastas, mas afinal o que é creepypasta?

creepypasta é um termo da internet que define uma história curta ou coleção de histórias com elementos paranormais, bizarros, ou ambos, designados para chocar ou causar desconforto emocional ao leitor. Tradução livre.

Algumas dessas histórias nos rendeu até postagens como: barbie.avi, Dead Bart, Suicidio do lula molusco, Majora mask N64...


Vou colocar aqui algumas historias de Creepypasta!

A Menina e seu cachorro:

Uma pequena garota estava sozinha em casa com seu cachorro para a proteger. Quando a noite chegou, ela trancou todas as portas e tentou trancar todas as janelas mas uma se recusava a fechar.

Ela decidiu deixar a janela destrancada e então foi para cama. Seu cachorro tomou seu lugar de costume em baixo da cama.

No meio da noite ela acorda por causa de um som de gotas vindo do banheiro. A menina está muito assustada para ir ver o que era então ela estendeu sua mão para baixo da cama. Ela sentiu a lambida de seu cachorro e então voltou a dormir. Ela acorda novamente por causa do som das gotas, estende sua mão para baixo da cama, sente a lambida de seu cachorro e volta a dormir. Mais uma vez ela acorda, estende a mão e sente a lambida.

Agora curiosa sobre o som das gotas, ela se levanta e lentamente anda até o banheiro, o som dos pingos foi ficando mais alto de acordo que ela ia se aproximando. Ela chega no banheiro e liga a luz. Ela é recebida por um horrível sinal; pendurado no chuveiro estava seu cachorro com a garganta cortada e o sangue caindo na banheira.

Alguma coisa no espelho do banheiro chamou sua atenção e ela virou. Escrito no espelho com o sangue de seu cachorro estavam as palavras "HUMANOS TAMBÉM SABEM LAMBER"


O Quarto Misterioso:

Um jovem empresário, em uma viagem de negócios passa por uma estrada, cai a noite e ele para na frente de um hotel. Decidindo que seria mais seguro não dirigir de noite em rodovias sem iluminação, decide passar a noite no hotel. Ele se dirige ao balcão e é prontamente atendido por uma simpática garota, que lhe dá a chave do último quarto do corredor.
Quando está no caminho para seu quarto, ele nota que de frente para o seu, há um quarto sem marcação (número). Com curiosidade ele olha pela fechadura do quarto e vê uma mulher extremamente pálida de costas para a porta, olhando para a janela. Sem nada estranhar ele vai dormir. No outro dia ele acorda e resolve olhar de novo, e tudo que vê é vermelho. Ele logo pensa "provavelmente a mulher notou que eu estava olhando e colocou algo vermelho para bloquear a fechadura. Depois, não aguentando a curiosidade, ele, quando já está saindo do hotel, pergunta à garota que fica no balcão:

"Quem é aquela mulher do quarto à frente do meu?"

A garota olha surpresa, e responde:

"Naquele quarto, uma vez, ficou uma família. O pai assassinou a mulher e os filhos, se matando depois. E a característica mais marcante era que eles tinham todo o corpo branco, exceto pelos olhos que eram vermelhos."



A Garota da Fotografia:

Em um dia na escola, um garoto chamado Bruno estava sentado em sua classe durante a aula de matemática. Faltavam seis minutos para a aula terminar. Enquanto ele fazia os exercícios, uma coisa chamou sua atenção.

A carteira dele era ao lado da janela, ele se virou e olhou para o pátio do lado de faro. Tinha algo que parecia uma foto jogado no chão. Quando a aula acabou, ele correu até o lugar que ele tinha visto a foto. Ele correu o mais rápido que podia para que ninguém pegasse ela antes dele.

Ele pegou a foto e sorriu. Na foto havia a imagem da garota mais linda que ele tinha visto. Ela tinha um vestido apertado e uma sandália vermelho, seu cabelo era ondulado e sua mão direita tinha um sinal de "V" formado com os dedos indicador e médio.

Ela era tão linda que ele a quis conhecer, então ele percorreu toda a escola perguntado para todos que passavam se alguém já tinha visto aquela garota. Mas todos respondiam "Não". Ele estava arrasado.
Quando chegou em casa, ele perguntou para sua irmã mais velha se ela a conhecia, mas infelizmente ela também disse "Não." Já era tarde, Bruno subiu as escadas, colocou a foto na cabeceira de sua cama e dormiu.

No meio da noite Bruno foi acordado por um barulho na janela. Era como uma unha batendo. Ele ficou com medo. Após as batidas ele ouviu uma risadinha. Ele viu uma sombra próxima a sua janela, então ele saiu da cama, ele andou até a janela, abriu e procurou pelo lugar que vinha a risada, não havia nada e a risada parou.

No dia seguinte ele foi perguntar para seus vizinhos se eles conheciam a garota. Todos falaram "Desculpe, não.". Ele perguntou até mesmo para sua mãe assim que ela chegou em casa. Ela disse "Não.". Ele foi para o quarto, colocou a foto na cabeceira e dormiu.

Novamente ele foi acordado pelas batidas na janela. Ele pegou a foto e seguiu as risadinhas. Ele saiu desceu as escadas, seu de casa pela porta e foi atravessar a rua quando de repende foi atingido por um carro. Ele estava morto com a foto em suas mãos.

O motorista do carro saiu e tentou ajudar, mas era tarde demais. Derrepente o motorista vê uma fotografia e a pega.

Ele vê uma linda garota com três dedos levantados.


Desejos

Um velho homem estava sozinho em um caminho escuro. Ele não tinha certeza para qual direção ir, e ele havia se esquecido para onde estava indo e quem ele era. Ele se sentou por um momento para descançar as pernas, quando derrepente ele olha para cima e vê uma mulher a sua frente. Ela sorri com malícia e cantarola a pergunta: "Agora seu terceiro desejo. O que vai ser?"

"Terceiro desejo?" O homem estava em confuso. "Como posso ter um terceiro desejo se eu não tive nem o primeiro nem o segundo?"

"Você já teve seus dois desejos," a bruxa falou, "mas seu segundo desejo foi para que eu retornasse tudo como era antes de você fazer seu primeiro pedido. É por isso que você não se lembra de nada; porque tudo está do jeito que era antes de qualquer desejo."

Ela atiçou o pobre homem. "Então você tem um desejo sobrando."

"Tudo bem," falou, "Eu não acredito nisso, mas não tem nada de mal em desejar. Eu desejo saber quem eu sou."

"Engraçado," falou a mulher enquanto completava a magia e desaparecia. "Esse foi o seu primeiro desejo."



Os quadros 

Havia um casal que tinha acabado de se casar e se mudar pro novo lar. No quarto de casal ainda não tinha decoração, só a cama e o guarda-roupa. Então resolveram passar numa feira pra comprar alguns objetos. Aí acharam um par de quadros. O primeiro era o rosto de uma menina e o segundo, de um menino. Levaram e colocaram na parede em frente à cama. Nessa noite, de repente o marido acorda com umas risadinhas. Ele cutuca a mulher e pede pra ela parar de rir, que ele queria dormir. Mas não era ela. Ele pensou que a mulher era sonâmbula e voltou a dormir.

Na noite seguinte, ouviram mais risadas, mais nítidas. A mulher também tinha acordado. Acenderam a luz, depois, nada mais aconteceu.
Após uns dias, investigaram o casal sumido.
Em sua casa, nada encontraram, a não ser uma cama, um armário, e dois quadros com suas fotos.
Os quadros foram à venda. 



O fantasma da sala de bate-papo
 
Michele era uma moça muito assanhada, que vivia nas salas de bate – papo, da Internet, para conseguir um parceiro. Ela sempre entrava com o nick de Gata Solitária. Certo dia, ela entrou na sala de Esoterismo e começou a teclar com rapaz com o nick de Mago. Este moço adivinhou tudo sobre ela: onde ela morava e suas preferências. Porém, um certo dia, os dois resolveram marcar um encontro deste jeito: 


Gata Solitária: entra na sala. 
Mago: Boa – noite! 
Mago: Que tal marcarmos um encontro no Shopping Estação, sábado que vem? 
Gata Solitária: Sábado que vem? 
Gata Solitária: Sábado que vem, não será possível, pois é o dia que viajarei numa excursão para o interior de São Paulo. 
Mago: Eu só poderei me encontrar com você sábado que vem, pois é o único dia que estarei de folga. Se não for neste sábado, talvez a gente nunca mais se encontre. 
Gata Solitária: Tudo bem! 
Gata Solitária: Eu desisto da excursão. 
Gata Solitária: Então, a gente se encontra no próximo sábado, no Shopping Estação, às três horas, ao lado da sorveteria. 
Mago: OK. 
Mago: Sai da sala. 

Então, chegou o esperado dia, Michele foi ao salão de beleza, colocou a sua melhor roupa e foi ao Shopping, no lugar combinado. Porém, passou uma hora e nada do rapaz chegar. Até que ela escutou uma notícia, que veio do rádio da sorveteria, que disse: - Um ônibus de excursão, que ia para São Paulo, teve um grave acidente: ele caiu num despenhadeiro. Até agora, temos 20 mortos. Assim, Michele resolveu entrar num Cyber Café do Shopping, para pesquisar sobre o acidente e descobriu que o ônibus que teve o problema, era o mesmo ônibus que ela viajaria de excursão, se não tivesse marcado o encontro com o Mago. Depois, daquele dia, a moça nunca mais viu nenhuma pessoa com o nick de Mago na sala de bate – papo.

Fonte: comunidade mensagem subliminar (Participe!)

Caramba acabei postando muitas historias... prometo em breve colocar uma sobre o seriado "um maluco no pedaço", bem no estilo Dead Bart!!
Abraços!
Share on Google Plus

About Victor Ramide

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

11 Comentários:

  1. Banner adicionado com sucesso

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post.. cheguei a me arrepiar quando li a ultima história..
    amei *0*

    ResponderExcluir
  3. Só eu ri com o "Humanos também sabem lamber"?
    HUSAHAUSUHASHUSA

    ResponderExcluir
  4. A guria da segunda historia na realidade é uma tracker e ela tá dizendo"Vida longa e próspera"

    ResponderExcluir
  5. UUUUUUUUUFA ! medonhas as historias -q

    ResponderExcluir
  6. Essa do cachorro eh MUUUITO OLD. Eu ouvi quando eu era muuuito pequeno, mas era Demonios ao inves de humanos. A ultima historia eh suprema

    ResponderExcluir
  7. No 3º conto, assustador seria se fosse minha foto!

    ResponderExcluir
  8. pelo jeito fui soh eu, mas a q me fez gelar mesmo foi a do cachorro, o resto ate q foi fichinha

    ResponderExcluir
  9. Copiou direitinho do Mr.Malas!Use a criatividade!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca nem ouvi falar do "Mr. Malas" a fonte está no próprio post, agora, se minha fonte pegou de lá, eu não tenho nada a ver com isso!

      Excluir