Lendas Urbanas #1 - bonecas

Bonecas acompanham a infância de meninas e meninos desde os tempos mais remotos até hoje. No mundo do sobrenatural, elas eram vistas tanto como coisas boas quanto ruins. Provavelmente você já conhece as bonecas voodoos, que, de acordo com a lenda, podem controlar o infeliz que por elas foi enfeitiçado. Há também a história de bonecas que perseguem, matam, assombram e assustam crianças e adultos.
O quadro Lenda urbana do domingo legal fez um episódio sobre bonecas enfeitiçadas:
parte 1:


parte 2:

Sim, a qualidade é péssima, mas se prestarmos mais atenção ao roteiro, podemos identificar muitos dos nossos medos de infância.
Outra história clássica é lenda da boneca assassina da xuxa:
Depois de Chuck, agora é a boneca da Xuxa que tem tirado o sono das crianças. Um jornal divulgou que uma menina ganhou a boneca da Xuxa e a mãe só permitiu que ela abrisse no dia seguinte, data de seu aniversário. Na manhã seguinte, a mãe começou a gritar e chorar ao ver sua filha morta na cama com a boneca no colo e uma faca sobre seu cadáver.Fonte

Também há o famoso boneco fofão:
Bom, mesmo que muitos não acreditem, essa história aconteceu a 10 anos. Na época em que nasci, o programa de televisão do momento era um que tinha o Fofão. Como todo personagem que está na mídia, criaram o boneco dele. Minha mãe me deu um de presente. Não sei exatamente a quando, mas tenho foto com esse boneco ainda quando era bebê. O tempo foi passando e eu adorava o boneco. Quando estava na 2ª série, tinha 8 anos, meus amigos de classe ficavam contando histórias assustadoras para amendrontar a galera. E tinha um dos meninos, chamado Murilo (nunca mais esqueci o nome dele), que contou uma história de que se uma pessoa que tivesse o boneco do fofão e abrisse ele, encontraria dentro dele, uma espada preta e pontuda com um selo com uma mancha vermelha, e que se alguém encostasse na espada teria 7 anos de azar, exceto a dona, no caso, eu. Eu fiquei encucada, porque adoro histórias sobrenaturais e acredito nelas. Meu pai dava aula fora da cidade uma vez por semana, e quando ele ia, minha tia dormia lá em casa pra fazer companhia pra nós. Um dia contei a história pra minha mãe. Ela não acreditou, e eu, morrendo de medo, enchi o saco dela até ela abrir. Ela abriu justamente no dia em que meu pai havia viajado e minha tia tava lá em casa. Quando abrimos, encontramos a tal espada com a etiqueta manchada de vermelho e encostou na tal espada. Minha mãe ficou pasma e queria mostrar para o meu pai. Mas ela ficou morrendo de medo do boneco. Eu e minha tia, isso era a noite, pegamos o boneco e o jogamos num terreno baldio perto da minha casa. A partir disso, apareceram tantas doenças na minha mãe. Ela teve que operar 2 vezes de tumor no seio, teve glaucoma, adquiriu hepatite C, artrite e bolsite, e não fica só por aí. Ela adquiriu também uma doença no osso que não tinha cura, somente tratamento. Hoje, passado 8 anos, minha mãe ainda tem todas essas doenças, mas nenhuma delas incomodam mais, parece que nem tem, mas tem. Eu não me lembrava desse detalhe de azar por 7 anos, mas juntado tudo o que aconteceu me lembrei. Essa história morreu para os meus pais, e minha irmas, que sao mais novas, não sabem da história. E eu, toda vez que vejo ele na tv, tremo na base...(Relato do sobrenatural.org)

Bem, para fechar este post com chave de ouro, a minha história preferida:
"Em 1896, uma empregada - praticante de voodoo segundo a história - descontente com seus patrões resolveu fazer algo para "retribuí-los".

Deu de presente ao filho do casal, Robert Eugene Gene, um boneco de 1m de altura e recheado de palha. Tinha um rosto humanizado e se tornou muito adorado pelo garoto. Ele decidiu chamar o boneco de "Robert.

O boneco se tornou compania inseparável de Gene. Seu pai costumava ouví-lo constantemente falando com o boneco. Isso seria normal, se os pais não ouvissem Gene respondendo a si mesmo com uma voz completamente diferente da sua.

Coisas estranhas começaram a acontecer. Vizinhos diziam ver Robert aparecer de janela em janela, quando a família estava fora de casa. Gene começou a culpar Robert quando algo errado acontecia. Seus pais diziam ouvir risos do boneco e podiam jurar ver o vulto de Robert correndo pela casa.

Gene começou a ter pesadelos e acordar gritando. Quando seus pais entravam no quarto encontravam-o bagunçado, com móveis virados, com o menino encolhido com medo e o boneco nos pés da cama sentado. "Foi o Robert!"... O boneco foi colocado no sótão e ficou lá por muitos anos.

Quando os pais de Gene morreram ele redescobriu Robert no sótão. O poder de Robert sobre Gene era forte e no momento em que Gene pôs os olhos em Robert, sua influência pode ser sentida novamente. A esposa de Gene sentia-se desconfortável com o boneco. Um dia cansou-se do olhar incomodo do boneco e o devolveu ao sótão. Gene ficou chateado e exigiu que Robert tivesse um quarto só para ele, de onde pudesse ver a rua pela janela. Ele colocou o boneco em um quarto, próximo a janela. Pouco depois a sanidade de Gene começou a a ser questionada.

Os cidadões de Key West ouviram falar de Robert e sua maldade. Muitos diziam ver Robert na janela rindo de suas caras quando passavam pela casa. Crianças evitavam passar perto da casa com medo do olhar maligno de Robert.

Gene, disse que certa vez ao visitar Robert em seu quarto, encontrou-o na cadeira de balanço com raiva de seu quarto. Isso fez com que Gene se enchesse de Robert, mas o boneco tinha outros planos.

Visitantes diziam ouvir passos indo e vindo no sótão e estranhas risadas, após um tempo as visitas cessaram na casa de Gene.

Gene morreu em 1972 e a casa foi vendida à uma outra família e o conto de Robert foi esquecido...

Mas Robert esperou pacientemente até ser novamente redescoberto no sótão pela filha de 10 anos dos novos proprietários da casa. Pouco tempo depois a menina começou a se queixar que Robert a torturava e infernizava sua vida. Mesmo após 30 anos ela continua a afirmar que "A boneca estava viva e queria matá-la".

Robert, ainda vestido em sua roupa branca de marinheiro vive confortavelmente, ainda que bem guardado, no Key West Martello Museum. Funcionários do museu continuam a relatar que Robert ainda faz seus velhos truques nos dias de hoje.(fonte: medoB)
Share on Google Plus

About Berserker

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

5 Comentários:

  1. nuss fiquei com mó medo ach que num vo dormi de noite só pq eu vi a manga do cara que tava mecheno a boneca...LiXoX

    ResponderExcluir
  2. adorei isso, eu adoro coisas de terror

    ResponderExcluir
  3. nao gosto dessas coisas mas gostei desses videos rsrsrsrsrsrrsrsrsrs

    ResponderExcluir